domingo, 1 de junho de 2008

Bolo

O bolo sempre desempenhou um papel muito importante nas festas de casamento.

Antigos romanos partiam um bolo na cabeça da noiva para simbolizar fertilidade ou abundância. Muitas outras culturas jogavam trigo, farinha ou bolo na cabeça da noiva e depois comiam os restos para terem sorte.


Os primeiros britânicos assavam cestos feitos com biscoitos, que os convidados levavam para casa, ao final da cerimônia. Os noivos tentavam se beijar sobre estes pedaços.

O bolo de casamento, nos dias atuais, tem um papel de destaque e não pode faltar em qualquer festa de casamento. Além de ter sido feito para ser provado, ele também tem sua atração a parte, servindo como objeto de decoração nas mesas.

O tradicional bolo com andares é bastante usado nas cerimônias, mas existem outras opções com estruturas em vidro, em bronze ou acrílico, douradas ou prateadas. Tudo a gosto dos noivos.

O topo de bolo nunca sai de moda. São noivinhos que ficam na parte mais alta do bolo, geralmente feitos de biscuit, que dão o toque e a cara dos noivos, caracterizando-os.

Cortar o bolo no casamento, significa partilhar o futuro. Por isso é indispensável que os noivos cortem a primeira fatia juntos, acompanhados com o brinde do espumante.

3 comentários:

Fê... disse...

só vim da oi pras primas heheheh
beijo

luizangelo disse...

Espero que consigamos fazer o nosso bolo como a gente imaginou. será que conto como será ...

O Noivo

elaine disse...

Sem essa de jogar farinha, bolo... na noiva!
Até porque ia ser um grande disperdício... o bolo vai estar maravilhoso!
A NOIVA